Fala Kátia Dias: Nativeiros no Jornal da Cidade

Kátia dias, é a nossa locutora, comunicadora e colunista do Jornal da Cidade. Na edição dos dias 08/07/2021 a 14/07/2021 – ANO IX – Nº492, foi publicado uma matéria tão bacana dos nossos ouvintes, que resolvemos compartilhar com vocês.

Luciane Senes Dias, é nossa ouvinte desde 2018 e, desde a sua primeira participação, criou um laço muito forte entre a música, o carinho com os locutores e a alegria que vinha diretamente do seu fone de ouvido. Moradora do bairro Paranaguamirim, em Joinville, Luciane coleciona bons momentos ao lado da Nativa. Quando questionada sobre sua principal lembrança, a resposta veio rápida e cheia de emoção, recordando a primeira vez que ouviu seu nome ao vivo pelo comunicador Max Silva. “Foi uma sensação muito boa. Eu escutava as outras pessoas ganhando e não achava que um dia ganharia também, eu não acreditava… Até um dia ouvir meu nome falando que iria ao Beto Carrero”, recorda.

Luciane sai cedinho de casa acompanhada da Nativa pelo seu fone de ouvido, que ela não desgruda até o fim do dia, quando volta pra casa. E você? Qual sua maior
lembrança com a Nativa? Nos conte no katiadias@nativajoinville.com.br. ou em nosso instagram @nativajoinville.

Você sabia? A audiência da rádio aumentou na pandemia

Quem nunca ouviu que o rádio iria acabar? Pois bem, dados nos mostram que não.

Consumo

O consumo de rádio teve um aumento significativo na pandemia. Isso ocorreu, porque nesse período, a busca pela informação aumentou e o consumo de rádio e TV, confirmam o crescimento da audiência e a confiabilidade dos veículos essenciais.

Crescimento

O crescimento da audiência está relacionado à maior disponibilidade das pessoas durante o período de isolamento social. Outro fator que também colabora para o crescimento durante a pandemia é que o único meio de comunicação tradicional que permite que você faça outras atividades enquanto acompanha a programação, é o rádio. Ou seja, você pode fazer qualquer coisa e se divertir e ficar informado ao mesmo tempo.

Agora que você já sabe um dos motivos do aumento do consumo do rádio que tal ficar ligadinho na melhor rádio de Santa Catarina? Sincronize seu rádio na frequência 103,1 e venha ser feliz com a gente.

Empresas poderão comprar vacinas? Mais de 250 mil doses de vacina são entregues em SC, PRF faz leilão de carros…. Confere aí!

Polícia Rodoviária Federal realiza leilão de mais de 684 lotes
Nesta semana a PRF (Polícia Rodoviária Federal) promove leilão de 684 lotes de veículos apreendidos e sucatas em Santa Catarina. Este será o primeiro evento deste tipo a ser realizado pela corporação em 2021. Um ponto interessante, é o fato de o leilão ter ocorrido 100% digitalmente, através da plataforma portal do leiloeiro.
Os lotes estão separados da seguinte forma, 357 são veículos documentados, neste caso, podem voltar a circular normalmente, enquanto 327 são sucatas, destinadas ao desmonte de peças.

100% digitalmente, através da plataforma portal do leiloeiro.
Os lotes estão separados da seguinte forma, 357 são veículos documentados, neste caso, podem voltar a circular normalmente, enquanto 327 são sucatas, destinadas ao desmonte de peças.


Previsão de projeto aponta permissão para compra de vacinas por empresas privadas em SC

Previsão de projeto aponta permissão para compra de vacinas por empresas
privadas em SC

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina deve votar nesta semana o projeto de lei que autoriza as empresas privadas de Santa Catarina a fazerem compra direta de vacina contra aCovid-19. O deputado Valdir Cobalchini (MDB), autor do projeto, afirmou que a proposta é feita pela “necessidade de somar esforços para vacinar o maior número de pessoas no menor tempo possível”. Tema de muito debate, a decisão conclui este assunto, pelo menos temporariamente.
O projeto já foi aprovado pela Comissão de Saúde e Comissão de Constituição e Justiça e vai para o Plenário. Uma emenda do relator, deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB), prevê que as vacinas adquiridas por ente privado sejam aplicadas seguindo a ordem de prioridades definida no Plano Nacional de Imunização (PNI) e ainda que 50% das vacinas adquiridas sejam doadas ao Sistema Único de Saúde (SUS). As alterações foram aceitas pelo autor do projeto.
Vale destacar as especificações do projeto, ele afirma que para fazer a compra as empresas devem observar se existe autorização temporária para uso emergencial, autorização excepcional e temporária para importação e distribuição ou registro sanitário concedidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Mais de 250 mil vacinas contra a Covid-19 são recebidas em SC nesta semana

Ainda não há previsão para as datas e horários de chegada das cargas, mas uma coisa é certa,
Santa Catarina deve receber mais 250.230 doses de vacina doses de vacina contra a Covid-19
nesta semana, segundo dados do Ministério da Saúde.

De acordo com fontes, do total, são 228 mil doses da vacina AstraZeneca/Fiocruz, sendo 83.200 para primeira aplicação e 144.800 para segunda aplicação, vale ressaltar, que recebem a segunda dose os membros dos grupos prioritários que foram vacinados com a primeira aplicação em fevereiro e março.  Outro dado interessante, é a previsão de chegada de mais 22.230 doses da Pfizer. Os lotes desta farmacêutica têm sido enviados a poucas cidades devido à necessidade de manter o estoque em baixas temperaturas.

Doses of AstraZeneca’s coronavirus disease (COVID-19) vaccine are seen, as Spain resumes vaccination with AstraZeneca shots after a temporary suspension, inside a COVID-19 vaccination centre at Wanda Metropolitano stadium, in Madrid, Spain, March 24, 2021. REUTERS/Sergio Perez

Se inicia em Joinville a pavimentação de 8 ruas na região sudeste

Nesta semana, a cidade de Joinville deu início a pavimentação de 8 ruas na região sudeste, ao todo, serão 2,2 km de pavimentação. As obras foram licitadas em mais de R$4 milhões de reais, no valor, estão inclusos todos os serviços de infraestrutura: drenagem pluvial, reforço dos bordos, sub-base, base e cobertura asfáltica. Também faz parte do projeto as obras complementares, como regularização de passeios laterais, meio-fio e bocas de lobo. Das oito ruas que serão pavimentadas, sete são no bairro Paranaguamirim e uma no bairro Ulysses Guimarães. No bairro Paranaguamirim, serão pavimentadas as ruas Aulo Abrahão Francisco, dos Pedreiros, Frederico R. G. Dumke, Geralda Oliveira Luis, Osvaldo Valcanaia, Silvio Klingenfuss e 25 de Dezembro. No Ulysses Guimarães, será pavimentada a rua Professor Nelson Gastardi.

Privacidade e cookies
X

Utilizamos cookies para ajudar a oferecer-lhe a melhor experiência no nosso site. Entretanto, ao continuar a utilizar o site sem mudar os parâmetros, estará concordando com o nosso uso de cookies. Ao usar o nosso site, está consentindo no uso dos cookies e também na nossa Política de Pricidade, a menos que os tenha desativado. Clique aqui para saber mais.